Recorra-run-logo-corrida-analise-rua-cor

Ciência e Conhecimento para sua corrida!

Buscar

Como perceber sua corrida pelo desgaste do tênis?

Fala corredores, estou aqui hoje para contar um segredo MASSA para vocês, uma medida simples e fácil de verificar o seu padrão de pisada na corrida.


Sem gastar rios de dinheiro com avaliação em clínica.




O próprio desgaste do Tênis responde sobre sua mecânica de corrida, sabia?

Sérioo ?? Como ninguém nunca me contou sobre ?


Pois, no mundo da corrida há muita discussão sobre pronação e supinação. Será que eles dizem algo sobre a nossa corrida ?


Então lá vamos nós :)

Antes de entrar em detalhes é importante ressaltar que existem movimentos normais associados à corrida, e a supinação e pronação fazem parte. Cada corredor tem uma característica, podendo apresentar tendência a supinar ou a pronar. A maioria dos calcanhares correm lateralmente, depois o calcanhar sofre pronação normal à medida que o corpo se move sobre o pé plantado [1]. À medida que o peso do corpo é transferido pelo médio pé, o pé sofre supinação até o impulso do dedo do pé.


É importante observar as alterações nesse padrão, considerado normal, logo, mudanças clinicamente importantes podem ser muito sutis.


Existe uma forma muito fácil, simples e barata de perceber seu nível de pronação ou supinação. Mas para isso precisamos usar com frequência o tênis ao longo do tempo.


E aqui vai nossa DICA DE OURO: a inspeção dos padrões de desgaste nos tênis de corrida pode ser útil. Com base no movimento normal de corrida, o aumento do desgaste geralmente ocorre sobre o calcanhar lateral. Pode haver excesso de pronação se o calcanhar médio ou medial aumentar o desgaste. Da mesma forma, se um padrão de desgaste do calcanhar lateral e sobre o antepé lateral estiver presente, poderá haver subpronação.


Em breve traremos orientações de exercícios para esses casos, já que sabemos que pronação e supinação excessiva podem trazer prejuízos e lesões.


  1. Já parou para observar o nível e região do desgaste do seu tênis?

  2. Então pare tudo e vá agora mesmo observar e comente aqui qual seu tipo de desgaste.


Deixe suas dúvidas. Compartilhe suas dificuldades...


Até a próxima.

beijinho




Referência: [1] Nicola, Terry L; Shami, Amir El. Rehabilitation of Running, Rehabilitation of Running Injuries, 2012.

6 visualizações