Recorra-run-logo-corrida-analise-rua-cor

Ciência e Conhecimento para sua corrida!

Buscar

O que você precisa saber antes de se exercitar em casa #treinoemcasa

Vamos falar um pouco do treinamento e do exercício físico orientado por aplicativo (APP) ?


Não é de hoje que a tecnologia está aí para facilitar nossa vida, até mesmo na mudança de hábitos e comportamento em saúde.

O principal objetivo desses aplicativos é monitorar o status de saúde, fornecer mudança de comportamento, além de informações relacionadas à saúde.


Isso parece incrível, não é ?

Lindo demais, principalmente para nos ajudar administrar a saúde em meio a nossa rotina agitada.



Outro propósito importante desses aplicativos que pode nos ajudar além de monitorar o próprio comportamento de saúde é promover metas. Já se sabe que somos movidos por desafios, logo, o estabelecimento de metas nos ajuda a manter o hábito saudável no longo prazo.


Mas será que de fato esses APPs resolvem 100% das barreiras em relação ao exercício?


Pensando em responder essa questão, levantei algumas revisões para entender a eficácia desses APPs e gostaria de dividir com vocês alguns aprendizados:

Como aprendizado:

-- Os treinos que usam aplicativos em combinação com outras estratégias de interação em paralelo parece serem mais eficazes.

-- Não temos ainda resultados da eficácia de amostra numerosa (muitas pessoas), para garantir que eles sejam suficientemente energizados para detectar os efeitos significativos dos treinos feitos por APP.

-- Os APPs disponíveis hoje no mercado contemplam repertório geral de exercícios, ou seja, não estão prontos para considerar particularidades de populações específicas como idosos, adultos com problemas crônicos, crianças, adolescentes ou gestantes.

-- Os APPs não consideram nível de treinamento do praticante, o que é uma desvantagem gigante.

-- Não há controle individual de variáveis fisiológicas importantes.

-- Não há orientação quanto ao controle de duração, intensidade e frequência.

-- Não há clareza no controle de evolução à medida que o usuário avança nos treinos.

-- Não sabemos da eficiência desses APPs no longo prazo.

-- Os APPs permitem que os usuários ajustem a rotina e façam o treino no momento que for pertinente ao usuário.


Somos adaptados e acostumados a viver coletivamente, logo, tudo indica que somos socialmente dependentes, e a tecnologia ainda não substitui esse aspecto. Um prazer que só o contato humano e social proporciona, nos treinos coletivos, por exemplo. Ao longo do tempo, uma desmotivação pode surgir nessas atividades mais solitárias. Entretanto, a vantagem de criar competições entre amigos e partilhar as conquistas no meio das redes sociais pode ajudar com uma interação virtual.


A grande boa notícia é que estamos avançando, mas ainda não temos comparações conclusivas quanto a eficácia desses APP, principalmente em condição X ou Y. Somos humanos biologicamente variados, o que sugere uma infinitude de respostas, sendo assim, ainda precisamos ser cautelosos quanto a incorporação desses exercícios sem orientação profissional.


Finalizo essa esse post com uma reflexão importante: somos humanos com objetivos e desejos diferentes, logo, sugiro um cuidado ao adotar escolhas que são definidas pelo algoritmo (APP). Temos uma infinitude desvantagens já claras na nossa mente e no nosso dia dia.


Fica então uma reflexão dos contrapontos desses recursos de quais APP ou algoritmo vai definir nosso objetivo, caso contrário ficaremos reféns dos resultados projetados para nós. Você escolhe seguir o que todos fazem ou escolhe fazer sua própria história ?


Comente aqui, qual APP tem usado para treinar em casa?

Quais vantagens e desvantagens tem percebido ?



Vou gostar de saber.

Beijinhos

Até a próxima


5 visualizações